Graffiti Outros Métodos

Dionisio.AG: Produção e Logística da “Galeria Circular” de Eduardo Kobra

25 de outubro de 2019

Neste ano, a Dionisio.AG deu um importante passo para seu reconhecimento, fazendo parte da exposição itinerante “Galeria Circular” de Eduardo Kobra, a primeira do artista no Brasil em 10 anos, e que comemora sua trajetória de 30 anos de carreira.

A mostra aconteceu dentro de um ônibus preparado exclusivamente para o projeto e que passou por 13 diferentes pontos da Grande São Paulo, sendo a maioria na periferia. O projeto rolou entre os dias 27 de agosto a 08 de setembro, sempre das 09h às 17h, com entrada franca.

A data de estreia foi intencionalmente escolhida para comemorar os 44 anos de vida do artista, celebrados no 27/8, no bairro Campo Limpo, bairro no qual Kobra passou a sua infância. “Sonhei com esse projeto durante três anos. Tem tudo a ver com as minhas origens. Tudo o que fiz ao redor do mundo devo a São Paulo. Em dez anos realizei apenas duas exposições, ambas no exterior. Agora, temos esse ônibus que virou uma galeria, onde posso levar meu trabalho de acordo com o objetivo maior da arte pública: possibilitar a todas as pessoas o acesso à arte”, conta Kobra, que tem murais realizados em mais de 20 países.

À convite do artista, a Dionisio.AG foi a responsável pela produção e logística da exposição. O trabalho incluiu a escolha e negociação com todos os fornecedores que participaram do projeto, o acompanhamento do cronograma para montagem do ônibus, a organização da ação com o público, a infraestrutura interna e externa do veículo, a produção de vídeos, a liberação de pontos nos locais selecionados, parceiras com ONGs e institutos, coordenação do staff, entre outras frentes.

O ônibus fornecido pela Transwolff tinha ainda o diferencial de ser elétrico, com acesso para cadeirantes e de estar inserido no conceito Frota Verde, que vai de encontro com a filosofia de defesa ecológica do Kobra. Para a exposição, o veículo foi inteiramente transformado pelo escritório de arquitetura Hornos Morillon. Iluminação, paredes, piso, retirada dos bancos e instalações foram algumas das modificações efetuadas.

Além disso, houve a adaptação do espaço para a exibição de um inédito documentário, produzido pela Broken Glass Studio em parceria com a Dionisio.AG, contando a trajetória de Kobra e a preparação das obras para que ficassem adequadas ao tamanho e proporção do espaço interno do ônibus. Do lado externo estava outro destaque, com partes do mural “Etnias’, criado em 2016 para os Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, tendo sido adesivados.

Comentários