Arte Quadrinhos

Logan: Lágrimas para o Maior X-Men

março 3, 2017

Difícil dizer como você se sente depois de deixar a sala do cinema e assistir um filme que você estava tão ansioso. Muitas pessoas saíram cabisbaixas, muitas saíram dando vivas e muitas, mas muitas mesmo, saíram como eu, com aquele sorriso de um fã que esperou 20 anos para ver um filme exatamente igual ao que você lia nas HQs.

logan-resenha-filme-quadrinhos-comparação-hq-xmen-john-romita-christopher-yost-dionisio-arte-8-e1488574247500

Quem for assistir o mais novo filme da saga X-Men pode esperar muito sangue, muito palavrão, muita tripa voando e um fim magistral.

Sim, Logan é o fim que todos querem. Mais uma vez, a Marvel arrebentou!

logan-resenha-filme-quadrinhos-comparação-hq-xmen-john-romita-christopher-yost-dionisio-arte-1

**ZONA DE SPOILERS**

O filme marcou o fim das participações de Hugh Jackman como Wolverine nas produções da Marvel. Uma pena, pois poucos papéis, eu diria até que pouquíssimos, foram tão bem representados e tão gloriosamente parecidos com o original. Porém, temos que entender o ator e, por mais que seja difícil, ele fez com que sentíssemos orgulho de um dos heróis mais queridos dos leitores. Mas vamos recapitular…

Logan, como Wolverine, teve sua primeira aparição na HQ Incredible Hulk #138, de outubro de 1974. O personagem foi criado por ninguém menos que John Romita, Sr. que, futuramente, assumiria a gerência de negócios da Marvel. Neste arco, Wolverine foi criado para tentar impedir Hulk de destruir os EUA e a mansão dos X-Men. Por possuir poder de cura, ele foi um páreo duro para herói verde.

logan-resenha-filme-quadrinhos-comparação-hq-xmen-john-romita-christopher-yost-dionisio-arte-7

E é justamente neste ponto que o filme se apega. Isto pois, com o passar do tempo, o corpo de Logan começa a ficar envenenado pelo Adamantium, fazendo com que ele fique cada dia mais doente.

Quando chegou o fim dos X-Men, o herói acaba fugindo com junto com o Professor Xavier para tentar ter uma vida normal. Foi um plot twist perfeito e um jeito de matar o personagem de forma digna.

logan-resenha-filme-quadrinhos-comparação-hq-xmen-john-romita-christopher-yost-dionisio-arte-8

O Logan dos cinemas traz inúmeras referências à vida do personagem. Uma das mais marcantes é o Éden, local onde as crianças “criadas” querem alcançar, para que uma nova ordem de X-Men seja promulgada.

Esse Éden nasceu em uma HQ de 2011, na qual os X-Men foram banidos após a morte de muitos  mutantes, tendo que criar um novo laboratório. A grande sacada artística da HQ são os traços pesados dos personagens, carregados de cor e tons escuros, como uma clara demonstração do fim e do luto. A criação do gênio John Romita, Jr.

logan-resenha-filme-quadrinhos-comparação-hq-xmen-john-romita-christopher-yost-dionisio-arte-9

Além disso, somos apresentados a X-23, ou Laura, que provavelmente a sucessora do herói nos cinemas. Ela nasceu em um dos animes (e não nas HQ’s) no episódio #41, intitulado “X-23”.  O que ocorre é que ela teve um papel tão crucial e foi desenvolvida de uma forma tão brilhante que resolveram trazê-la para o mundo da Marvel.

Nas HQ’s, X-23 foi moldada por Christopher Yost, que apesar de animador, conseguiu dar uma cara radical e ao mesmo tempo infantil para a personagem. Uma combinação perfeita!

logan-resenha-filme-quadrinhos-comparação-hq-xmen-john-romita-christopher-yost-dionisio-arte-10

Mas por fim, o filme entrega tudo que você sempre quis desde que leu a sua primeira HQ do Wolverine. Desde o começo, há muito sangue e cabeças rolando (literalmente!). Mesmo com a violência e até com a nudez, a película consegue ser melancólica e te dar tapas na cara o tempo todo, mesmo sabendo que o herói está no seu fim!

Por mais que haja esperança de novas crianças assumirem o mundo dos X-Men, é inegável que a morte do Professor Xavier, de Caliban e, claro, de Logan, no final são partes fortes do filme e que te deixam muito chocados. Ainda mais por se tratar de fãs da série X-Men.

A única coisa que eu digo é para prepararem o lenço e assistir até o final, pois há um grand finale que vai fazer você agradecer por ter sido fã todos esses anos. Obrigado Hugh Jackman!

 

DICA:

Logan não tem HQ. Não é preciso ver os outros filmes (apesar de ser recomendável) para conhecer melhor o herói, mas se você quer sentir toda a comoção por trás do filme, aconselho a minissérie de 4 HQ’s da saga Eu, Wolverine.

Foi a partir daí que Logan passou a figurar no estrelato das HQ’s conquistou todo o seu prestígio. É uma das minhas favoritas e, com certeza, será uma das suas também.logan resenha filme quadrinhos comparação hq xmen john romita christopher yost dionisio arte (11)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *