O Projeto “Pimp My Carroça” e seu Impacto Social

11/08/2017

O post de hoje fala sobre um dos projetos mais fantásticos da socialart que já aconteceram (e continua acontecendo) no Brasil, o Pimp My Carroça.

pimp-my-carroça-mundano-social-arte-ambiental-5

Este movimento mistura conscientização, solidariedade, sustentabilidade, vida e muito graffiti. É um projeto que possui o intuito de aumentar a percepção de valor que o catador e a arte de rua têm de impactar as pessoas e, ao mesmo tempo, fazer muito mais pelo ambiente em que estão inseridos.

O Pimp My Carroça foi idealizado por um dos grandes nomes da street art no Brasil, o graffiteiro e ativista Mundano. Através de um olhar socioambiental, ele reconheceu e valorizou a posição e o papel dos catadores de rua (de papelão, metais e plástico) na reciclagem do lixo.

pimp-my-carroça-mundano-social-arte-ambiental-1

A trajetória de Mundano com o graffiti começou nos anos 2000, quando ele saía para pintar e pichar as ruas de São Paulo, mais especificamente no famoso bairro da Vila Madalena.

De forma modesta, o grafiteiro começou apenas espalhando suas frases pela cidade e, posteriormente, passou a pintar as carroças dos catadores de papelão que ele encontrava (e se relacionava) nas ruas.

pimp-my-carroça-mundano-social-arte-ambiental-6

Nessas carroças, ele pintava figuras e frases emblemáticas que geravam uma interação bem peculiar com o público. Um bom exemplo é a frase: “Um catador faz mais do que um ministro do meio ambiente”.

Produzido e idealizado por Mundano, o Pimp My Carroça foi realizado unicamente pelo grafiteiro durante cinco anos. De acordo com ele próprio, este período (de trabalhar sozinho) foi um erro, pois outras pessoas já tinham interesse em contribuir e participar do projeto e o certo seria envolver todos que estivessem engajados com a causa. 

pimp-my-carroça-mundano-social-arte-ambiental-3pimp-my-carroça-mundano-social-arte-ambiental-10pimp-my-carroça-mundano-social-arte-ambiental-4

A partir daí, Mundano teve a ideia de criar um crowdfunding no site Catarse para que o projeto ganhasse um formato mais robusto e pudesse impactar uma comunidade ainda maior de catadores e pessoas interessadas no assunto.

Assim, o Pimp My Carroça pôde começar a oferecer algo a mais para os catadores. Além do graffiti em si, o “Pimp” ainda reforma a carroça do catador, criando uma condição melhor para que ele exerça e desempenhe o seu trabalho.

pimp-my-carroça-mundano-social-arte-ambiental-9 pimp-my-carroça-mundano-social-arte-ambiental-8 pimp-my-carroça-mundano-social-arte-ambiental-7

O impacto que o Pimp My Carroça (e o trabalho de Mundano) vem obtendo é algo bem extenso e maravilhoso de se ver. Além de muitas estórias interessantes, alguns projetos paralelos ainda foram criados, como o Pimp My Cooperativa, o app Polem e o evento Pimpex. São outras formas de fazer com que mais pessoas possam participar, ajudar e contribuir com a arte e com essa causa social tão nobre.

Tudo isso pode ser encontrado no site do Pimp My Carroça e nas redes sociais, seja no Instagram ou no Facebook.